Política e Estratégias da Comunicação

Ementa: A importância estratégica das políticas públicas e privadas de comunicação, suas implicações legais, seus impactos mercadológicos e suas conseqüências socioculturais. As diferentes formas de definição e controle das informações e programações. O papel do Estado e da sociedade civil na democratização dos sistemas de comunicação.

Economia Política e Comunicação

Ementa: Reestruturação produtiva dos mercados de informação e do entretenimento sob a égide da competitividade global e da aceleração tecnológica. Efeitos da globalização econômica, da mundialização cultural e da convergência digital nos produtos e negócios da mídia. As corporações midiáticas e suas formas de domínio e influência na vida social.

Economia Política da Indústria do Audiovisual

Ementa: Fundamentos econômicos e políticos da indústria do audiovisual. Hollywood e as indústrias nacionais de cinema. As emissoras de televisão: a exploração privada e os diferentes arranjos de exploração pública. A desregulamentação da exploração da televisão a partir dos anos oitenta. Oligopolização e globalização: as transnacionais da comunicação. As produtoras e distribuidoras independentes.

Economia Política da Indústria Fonográfica

Ementa: Fundamentos políticos e econômicos da indústria fonográfica. O Fonógrafo e a criação da indústria fonográfica nos Estados Unidos. A indústria fonográfica, o pop e a cultura de massas. Tecnologias da comunicação e a construção da indústria fonográfica: rádio, TV e Internet. O problema dos direitos autorais. Novos agentes e os desafios à indústria fonográfica tradicional: a tecnologia digital, a pirataria, as gravadoras independentes e a troca de arquivos na internet. A indústria fonográfica brasileira.

Economia Política do Jornalismo

Ementa: Fundamentos econômicos e políticos das atividades jornalísticas, analisando suas dimensões empresariais, suas práticas concorrenciais e monopólicas, suas relações com o Estado e a sociedade civil e a natureza específica de sua inserção na economia política da comunicação.

Economia Política dos Reality Shows

Ementa: Os reality shows sob o ângulo da economia: a redução dos custos de produção; o desenvolvimento das tecnologias digitais; a exportação de formatos; as lógicas econômicas da convergência midiática; a inserção do gênero na cultura participativa; a contribuição para a indústria de celebridades.

Economia Política das Celebridades

Ementa: O fenômeno das celebridades sob a perspectiva da sua importância mercadológica para a industria midiática (televisão, indústria fonográfica, mídia impressa, rádio e novas mídias). A celebridade enquanto produto e a ideia de “integração vertical”. O valor da celebridade global. Youtube, Twitter e a nova produção individualizada de celebridades.

Economia Política da Televisão

Ementa: Os modelos público/estatal e comercial de exploração da televisão. Das emissoras locais às redes de televisão. Políticas de concessão e regulamentação dos canais de televisão. Dos canais locais às redes de televisão. Televisão aberta e televisão segmentada. Televisão e globalização: os fluxos internacionais de comunicação. A televisão diante das mídias digitais.

Economia Política do Rádio

Ementa: Regulação da radiodifusão sonora no Brasil e nos Estados Unidos. Disputa pelas patentes no início do século XX. Aspectos da distribuição de concessões. Prática de arrendamento de emissoras, segmentação e customização das programações. Destaca-se ainda a relação entre o rádio e a indústria fonográfica, o surgimento das rádios comunitárias como forma de democratização da comunicação. Impasses na escolha do padrão de rádio digital. O advento da internet e a reconfiguração do meio a partir da noção de convergência tecnológica. Ampliação dos pólos de emissão com a popularização de webradios, Concentração de poder com a formação de conglomerados midiáticos. Ampliação e complexificação das áreas de atuação das empresas de comunicação na chamada era digital. Novos recursos de interação entre as emissoras e os ouvintes.

Globalização e Economia Política da Mídia

Ementa: Globalização: o conceito e suas implicações econômicas, políticas, socioculturais e comunicacionais. Os sistemas de comunicação no paradigma global: impactos da digitalização e das economias internacionalizadas. Convergência tecnológica, reestruturação tecnoprodutiva e transnacionalização do setor midiático. A organização em rede e a gestão integrada e descentralizada para a competitividade e rentabilização dos negócios. A economia multimídia da comunicação global e seus reflexos na definição das linhas ideológicas dos conteúdos e das estratégias de programação e veiculação. Os limites e as interrelações do poder global, regional e local da mídia.

Editoras e Mercado do Livro

Ementa: Estrutura e funcionamento da indústria editorial. O que é uma editora de livros. Tipologia. Política e projetos editoriais. Processos de produção gráfica. A promoção e a divulgação dos lançamentos na mídia. Os cadernos culturais e as resenhas. A distribuição e comercialização. Livrarias: tradicionais, redes e virtuais. As edições didáticas e o mercado escolar. As editoras universitárias. As editoras populares e as editoras de produtos impressos de grande circulação. As editoras e os direitos autorais. Políticas públicas para o livro e a leitura. As bibliotecas e o acesso ao livro. As novas tecnologias de reprodução e circulação do texto escrito e o futuro da indústria do impresso.

Mídias, Políticas Culturais e Públicas

Ementa: O papel da mídia e uma reflexão sobre as políticas culturais da esfera publicam e na incorporação de novos atores agendas sociais. Um debate sobre a elaboração da agenda das políticas culturais e públicas desde o advento da modernidade; analise do papel dos diferentes atores, estado, terceiro setor, sociedade civil entidade.

Mídia e Direitos Autorais

Ementa: A propriedade intelectual e a indústria de comunicação: os modelos de comercialização de bens culturais pela indústria capitalista. Diferentes casos envolvendo o problema do copyright: a indústria cinematográfica; o mercado editorial; a indústria fonográfica; o registro de formatos para programação televisiva ou radiofônica. Os modelos de legislações e sua aplicabilidade: o imperativo da confiabilidade nas normas legais de distribuição como pilar para a existência do mercado de entretenimento. Modelos alternativos de legislação para propriedade: o domínio público; o caso da licença Creative Commons.

Economia Política da Indústria do Entretenimento

Ementa: Fundamentos políticos e econômicos da indústria do entretenimento. Contexto histórico do surgimento dos conglomerados da indústrias do entretenimento e sua reestruturação sob a égide do capitalismo avançado, da globalização e da convergência midiática. Dilemas e impasses da indústria do entretenimento na atualidade.

Economia Política dos Produtos Colecionáveis

Ementa: O circuito econômico e cultural dos produtos colecionáveis. Os produtos colecionáveis do ponto de vista da indústria do entretenimento: estratégias de diversificação dos lucros. A economia simbólica dos produtos colecionáveis: as coleções como arquivos, a questão da aura dos produtos colecionáveis. Os produtos colecionáveis e a cauda longa. Os diferentes tipos de produtos colecionáveis: álbuns de figurinhas, brinquedos, coleções de material sonoro e audiovisual.

Economia Política do Acesso Digital

Ementa: Fundamentos econômicos e políticos da indústria da informação e do entretenimento com o advento das tecnologias digitais e da internet. Regulamentação, controle público e as disputas entre as indústrias de produção de conteúdo, as indústrias de hardware e as empresas de telecomunicações. Incertezas jurídicas e a regulamentação da internet no Brasil e no mundo: fóruns globais de governança da internet, o Marco Civil da Internet no Brasil, leis contra cibercrimes, legislação de propriedade intelectual. Exclusão e inclusão digital: conceitos em disputa, o paradigma desenvolvimentista e o paradigma do direito à comunicação. As políticas públicas de inclusão digital: conceitos e análise de casos. Políticas de desenvolvimento tecnológico e o software livre.

Distribuição e Circulação dos Produtos Midiáticos

Ementa: Definição conceitual das etapas de circulação, distribuição e consumo no processo comunicacional. A relação entre os sistemas de transporte e os sistemas de comunicação. Livreiros, impressores e bancas de jornal: modelos de venda avulsa historicamente constituídos. Ações de merchandising. Modelos de assinatura e personalização do consumo da informação. Economia política da distribuição de impressos. Distribuição e consumo da informação na internet.

Modelos de Distribuição Musical

Ementa: Artefatos de registro e circulação musical: partitura, fonograma, cinema, vídeo. O processo de produção musical e as cadeias de distribuição, difusão e marketing. A digitalização da produção e da distribuição: tensões legais e a ampliação dos eixos de circulação musical. A música independente e as redes colaborativas.

Modelos de Distribuição Audiovisual

Ementa: Estudo dos processos de difusão e comercialização da obra audiovisual a partir das diversas particularidades de produção. Políticas públicas governamentais de incentivo e financiamento ao audiovisual. A configuração do mercado audiovisual brasileiro: o processo de readequação das relações político-econômicas nacionais ocorridas a partir dos anos 1990. A criação da Ancine e das leis de incentivo, as rupturas e continuidades do modelo de distribuição do produto brasileiro. A relação de interdependência entre Produção, Distribuição e Exibição. Os “rótulos cinematográficos”: filme independente, filme popular, blockbuster, filme de arte. Organização e planejamento: processo de negociação entre produtor e distribuidor e, posteriormente, entre distribuidor e exibidor. A circulação nas diversas janelas de exibição: sala cinema, TV por assinatura, TV aberta, home video. Novas maneiras de fruição e circulação do audiovisual a partir das novas tecnologias: internet e celular.

Skip to content