Pós-Graduação

O Departamento de Estudos Culturais e Mídia possui professores atuando em dois programas de pós-graduação distintos, além da graduação em Estudos de Mídia. Esta integração favorece a experimentação de práticas pedagógicas inovadoras e alia a docência ao rigor e à qualidade da pesquisa acadêmica.

Diversos professores do Departamento de Estudos Culturais e Mídia integram o Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Além desse primeiro grupo, dois outros professores integram também o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades, em conjunto com professores do Departamento de Artes.

 

logo-ppgcom

Programa de Pós-Graduação em Comunicação

Criado em 1997, o Mestrado em Comunicação iniciou suas atividades em setembro do mesmo ano. Contando com um quadro de docentes integrado inteiramente por doutores, o Mestrado em Comunicação, graças à excelência do curso, possibilita aos discentes uma rápida inserção no mercado acadêmico e melhor atuação profissional de maneira geral.

O curso de Doutorado em Comunicação foi recomendado pela CAPES em dezembro de 2002, quase como uma consequência natural do amadurecimento do Programa de Mestrado em Comunicação. Na mais recente avaliação da CAPES, o Programa obteve nota 6,0, caracterizando-se como um programa de excelência na área de Comunicação.

logo-ppcult

Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades

O programa de Pós-graduação em Cultura e Territorialidades (PPCULT), aprovado em 2012 pela Capes, é resultado de uma demanda de docentes e discentes da Universidade Federal Fluminense por um maior investimento em pesquisas e estudos no campo da cultura, dada sua crescente importância na contemporaneidade.

Reunindo, em sua fundação, 15 docentes (12 permanentes) das mais diversas áreas (como Produção Cultural, Estudos Culturais e Mídia, Educação, Antropologia, História, Letras, Sociologia, Comunicação etc.), alinhavados pelo campo de suas pesquisas e reflexões atreladas ao estudo da cultura em múltiplas acepções, em especial no que tange às discussões sobre espacialidades e territorialidades, tanto materiais quanto simbólicas, a nova pós encontra seu lugar de inserção por excelência dentro de uma perspectiva multidisciplinar.

Skip to content